A importância do registro de Programa de Computador

Registrar um Programa de Computador é fundamental para mantê-lo seguro e inviabilizar prejuízos e problemas futuros. 

Os Programas de Computador são protegidos pelo direito autoral e por uma lei específica no Brasil. Sua validade é internacional e, deste modo, não é necessário realizar o registro deles nos demais países, desde que os mesmos sejam signatários da Convenção de Berna.  

O registro de software depositado no INPI é prova de autoria e extremamente relevante em caso de disputa judicial. Entre em contato para saber mais informações. 

Marca Daslu, antigo império do luxo, é leiloada por R$ 10 mi

Em evento realizado nesta terça-feira, 07/06, a Marca Daslu, avaliada em R$ 1,4 milhão, foi leiloada por R$10 milhões. O vencedor, cujo nome ainda é mantido em sigilo, pagará mais 5% de comissão para o leiloeiro. 

De acordo com apuração da Folha, grandes nomes do varejo estavam interessados em utilizar a marca em uma linha de roupas. Ao todo, o leilão envolveu o nome Daslu e mais 50 submarcas relacionadas, com registros ativos no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), como Villa Daslu, Daslu Casa, Daslu Homem e Daslu Pet. 

A antiga marca de luxo dos irmãos Eliana Tranchesi e Antônio Carlos Piva, oferecida por R$ 1,41 milhão, dividia espaço com um imóvel residencial no Parque Petrópolis, em Mairiporã (SP), no valor de R$ 403 mil, um caminhão ScaniaR540 2021 cotado a R$ 208 mil e uma picape Nissan Frontier 2021 por R$ 176 mil. 

“Ficamos surpresos com o resultado, já que a marca estava avaliada em R$ 1,4 milhão, depois de enfrentar um processo de recuperação judicial, ficar inativa e finalmente ir à falência”, disse o advogado Leonardo Campos Nunes, gestor jurídico do escritório Expertise Mais, indicado pela Justiça para cuidar da falência da marca Daslu. 

Como garantir a autoria sobre a obra audiovisual?

Ter a obra audiovisual assegurada pela Lei dos Direitos Autorais é de extrema importância para artistas e profissionais do ramo. 

O registro de Direito Autoral assegura aos autores das criações de obras intelectuais literárias, artísticas ou científicas os direitos morais e patrimoniais sobre a obra criada. As obras são registradas, de acordo com os seus gêneros, nos órgãos competentes, como a Escola de Belas Artes e Biblioteca Nacional. 

Deste modo, a Lei vigente oferece, além dos direitos morais do autor, a sua exploração financeira, bem como o reconhecimento dos mesmos direitos aos seus herdeiros e sucessores. 

Quer saber mais informações? Entre em contato conosco e deixe-nos ajudar! 

O Metaverso e suas conexões

Nos dias atuais, é possível realizar conexões com pessoas de todo o mundo por meio das redes sociais. Em um futuro não tão distante, será comum termos oportunidade de realizar estas ações em um ambiente imersivo, onde será possível participar de diversas formas. 

O metaverso é o pontapé inicial para este ‘futuro’ e visa trazer a realidade para o mundo virtual, permitindo criações e realizações de infinitas possibilidades. Com o avanço da tecnologia, as chances deste mundo virtual predominar começam a ficar mais palpáveis. 

Um grande exemplo de que o metaverso já existe em nossa rotina é a questão geracional, em que adolescentes ficam mais em jogos on-line do que em atividades no mundo real. Um jovem que joga mais Fifa on-line com amigos do que o futebol tradicional ou que faz compras de produtos digitais com moedas virtuais com colegas, por exemplo. 

Neste cenário, é fundamental saber traçar a sua estratégia de conexão de acordo com o seu negócio. Além disso, é crucial registrar o seu negócio, pois com o maior número de conexões formadas, mais visível aos seus concorrentes a sua marca ficará. 

Quer saber mais informações? Entre em contato conosco e conte com a nossa ajuda e disposição! 

Marca líder: força, conexões e solidez

Uma marca líder dispõe de foco e princípios inovadores, além de sempre visar manter conexões próximas aos parceiros e clientes e manter o estilo de ‘pensar grande’. 

Outro fator de sucesso das maiores marcas está na garantia de solidez, isto é, a manutenção de um negócio fortalecido e sólido, por meio do registro de marca, o que a torna cada vez mais conhecida. 

O melhor jeito para fortalecer um negócio e torná-lo próspero é por meio do registro de marca, com a ajuda de uma equipe profissional, capacitada e experiente. A Lealvi está aqui para te auxiliar em todo o processo, com o objetivo de tornar o seu negócio seguro e de sucesso, com uma marca líder! Entre em contato para saber mais informações.

Qual é a diferença entre produto e marca?

O ‘produto’ e ‘marca’ são dois aspectos fundamentais para o seu negócio, mas que possuem diferenças entre si. 

O produto é criado com o objetivo de suprir uma necessidade, dispondo de características que buscam satisfazer os clientes. A marca, por sua vez, é a representação figurada de um produto ou serviço, sendo criada para encantar um cliente, visto que as pessoas não se apaixonam por produtos, e sim por marcas. 

Um grande exemplo de distinção entre produto e marca é sobre a Nike. O produto é o tênis, isto é, esportivo, confortável e estiloso. Já a marca é a Nike, com seu símbolo característico, por vezes colorido, atual e renomado. 

Para o seu negócio prosperar, é fundamental registrar e cuidar tanto da sua marca quanto do seu produto. Entre em contato conosco e deixe-nos te ajudar a cuidar de sua marca e produto, de uma forma eficiente e segura! 

Com alterações no logotipo, é necessário realizar outro registro?

Há casos em que empresas optam por realizar alterações em seus logotipos por inúmeras razões e objetivos. No entanto, é necessário realizar outro registro para assegurar a segurança do logotipo? 

Em primeiro lugar, é fundamental ressaltar que, quando uma arte é enviada ao processo de registro, não devem ser feitas alterações até o final do processo. Portanto, é recomendável que, se desejar alterá-la, a empresa realize esta ação antes do processo ser protocolado. 

No cenário em que o registro já existe e a empresa deseja fazer a alteração, é necessário entrar em contato com uma equipe profissional capacitada e experiente, que promoverá orientações sobre a melhor forma de proceder e como realizar estas ações. 

Entretanto, existem casos em que é necessário protocolar outro pedido de registro, dependendo das alterações. Um logotipo diferente do que foi registrado está desprotegido, o que pode causar a perda do registro da marca e um risco ao futuro do seu negócio. Entre em contato com a Lealvi e deixe-nos te ajudar nesta importante jornada! 

Força Aérea norte-americana pede registro de patente para o metaverso

A Força Aérea dos Estados Unidos apresentou um pedido de marca registrada sugerindo que o ramo militar potencialmente se expanda para o metaverso.
De acordo com um pedido de quinta-feira (14/04) enviado ao Escritório de Patentes e Marcas Registradas dos EUA, o Departamento da Força Aérea registrou a palavra “SpaceVerse”, definida como”um metaverso digital seguro que converge realidades físicas e digitais terrestres e espaciais e fornece ambientes de treinamento, testes e operações de
realidade-aumentada (AR).” Não está claro se a iniciativa está ligada à Força Espacial dos EUA, que de acordo com seu site é “organizada sob” a Força Aérea, mas opera como um “ramo separado e distinto das forças armadas”.
A Força Aérea dos Estados Unidos registrou um pedido de marca registrada para SPACEVERSE para
um metaverso que 1, converge realidades físicas e digitais terrestres e espaciais e 2, fornece ambientes de
treinamento, teste e operações de realidade estendida.

O pedido de marca registrada ligado a atividades no metaverso seguiu vários de uma variedade de empresas, incluindo as empresas de cartão de crédito Mastercard e American Express, a fabricante de calçados e vestuário Nike e a Bolsa de Valores de Nova York. As várias aplicações incluíam marcas registradas sobre o uso de logotipos e branding em um ambiente virtual, bem como a autenticação de determinados arquivos com tokens não-fungíveis, ou
NFTs.
Algumas grandes marcas lançaram lojas virtuais ou outros ambientes para usuários após o anúncio do Facebook em outubro de 2021 de que a gigante da mídia social faria o rebranding para Meta. Em fevereiro, o banco americano JPMorgan entrou no metaverso ao lançar um lounge virtual no mundo online baseado em blockchain Decentraland. A Samsung também lançou uma loja virtual inspirada em uma loja do mundo real na cidade de Nova York.
Dos seis ramos das forças armadas dos EUA – Fu- zileiros Navais, Guarda Costeira, Exército, Marinha, Força Aérea e Força Espacial – a segunda metade anunciou anteriormente grandes iniciativas destinadas a incorporar a tecnologia blockchain ou adotar ativos digitais. Em junho de 2021, a Força Espacial disse que lançaria versões NFT de patches e
moedas projetadas para o lançamento de um de seus veículos. A Marinha dos EUA também assinou um acordo de US$ 1,5 milhão com a Consensus Networks para desenvolver um sistema de logística habilitado para blockchain chamado HealthNet.

Fonte: exame.com

Seguindo Apple, Meta e Google, Huawei patenteia óculos AR inteligentes

Uma nova patente registrada pela Huawei indica que a fabricante pode estar desenvolvendo seus óculos de realidade aumentada para competir contra Apple, Meta (Facebook), Google, Xiaomi e mais empresas que já começam a desenvolver seus acessórios que mesclam o mundo real com o virtual.

Obtida pelo site HuaweiCentral, a patente é chamada de “um tipo de óculos AR” e descreve o acessório com aparência comum e lente com tecnologia óptica de guia de ondas, permitindo exibir conteúdo por uma tela transparente.

O módulo de guia de ondas é montado na lente direita dos óculos e o acessório poderia ser dobrado e aberto como quaisquer óculos comuns.

Por ser uma patente, é importante destacar que o desenvolvimento do dispositivo não é garantido, então não há como afirmar que a Huawei lançará óculos de realidade aumentada no futuro.

Com o investimento de outras fabricantes nesta área, como a Xiaomi exibindo óculos com tecnologia de guia de ondas e tela Mini LED transparente, é possível que o projeto siga em frente e seja lançado nos próximos anos.

Protótipo de óculos AR da Xiaomi tem tela transparente e exibe informações simples para usuários (Imagem: Reprodução/Xiaomi)

Vale lembrar que a Huawei já possui, em parceria com a Gentle Monster, óculos conectados com design tradicional e funções inteligentes, permitindo reproduzir música, ajustar volume, realizar chamadas e mais pelos próprios óculos.

Outros detalhes sobre componentes do acessório são desconhecidos, mas novidades ainda podem surgir em breve indicando o que esperar do dispositivo inteligente.

Fonte: Huawei Central

Novo Honda HR-V americano é registrado no INPI

O Novo Honda HR-V foi registrado pela marca japonesa no INPI, o Instituto Nacional de Propriedade Industrial. O crossover americano teve não só a carroceria completa, mas também partes dela em registros individuais.

Apresentado nos EUA, o Novo Honda HR-V surgiu por lá como um derivado do Civic e com porte maior que o HR-V lançado recentemente no Japão.

O Novo HR-V americano surge para ser o rival do Corolla Cross e sua vinda ao Brasil faria todo o sentido. Contudo, sem a produção do Novo Civic por aqui, a Honda terá de importá-lo dos EUA ou Canadá.

Ainda não se sabe exatamente o tamanho do HR-V americano, mas ele supostamente deve ficar entre 4,40 m e 4,50 m de comprimento, tendo entre-eixos menor que o do Civic.

Assim, o Novo HR-V concorrerá também com o Nissan Rogue Sport, o nome do Qashqai nos EUA. Pelo que se comenta, o crossover da Honda terá motor 2.0 i-VTEC de 158 cavalos nas versões de entrada e 1.5 Turbo com 183 cavalos nas mais completas.

Espera-se ainda por uma versão híbrida, que pode tanto ter motor 1.5 quanto 2.0, mas este último com 192 cavalos combinados, seria o mais indicado para o mercado americano.

De qualquer forma, esse HR-V já conhecido não cresceu e continua sendo um SUV compacto, enquanto o americano vai para o segmento médio.

Com linhas inspiradas no Civic, o Novo HR-V americano terá faróis full LED, assim como lanternas em LED e grade estilizada.

Uma chance de chegar ao Brasil é a mudança de nome, que ocorrerá na Europa, onde o modelo também será comercializado.

Muito provavelmente ele também será produzido no Japão e Ásia, tornando-se assim um produto global.

Fonte: https://www.noticiasautomotivas.com.br/novo-honda-hr-v-americano-e-registrado-no-inpi/